Detentos tentam fugir de presídio de João Pessoa; lã que estava em pátio foi incendiada

Trio foi preso após colocarem fogo em vários sacos de lã que estavam em um pátio próximo a um pavilhão do PB1

Polícia | Em 01/01/14 às 11h22, atualizado em 01/01/14 às 11h27 | Por Naira Di Lorenzo
Aguinaldo Mota
Três detentos tentam fugir do PB1

Três detentos tentaram fugir na madrugada desta quarta-feira (01), da Penitenciária de segurança máxima Dr. Romeu Gonçalves de Abrantes (PB1), em Jacarapé, em João Pessoa.

O trio foi preso após colocarem fogo em vários sacos de lã que estavam em um pátio próximo ao pavilhão, onde ficam localizadas celas do presídio. O objetivo dos detentos era fugir escalando o muro da penitenciária usando o auxílio de uma escada. O incidente teve início às 2h30.

De acordo com o secretário de Administração Penitenciária do Estado,Wallber Virgolino, “três detentos conseguiram retirar uma tela de ferro de uma das cela do PB1. Em seguida ele foram até o pátio e tentaram pegar um escada que estava sendo usada para fazer obras na penitenciária, mas os agentes perceberam a tentativa de fuga e frustraram a ação”.

Ainda segundo o secretário, ao voltar para a cela, o trio colocou fogo em vários sacos de lã que estão em um pátio próximo ao pavilhão deles. O corpo de Bombeiros foi acionado e conteve as chamas.

Presos precisaram ser retirados de suas celas por causa do fogo. Conforme relatou o secretário Walber Virgolino, às 3h O Batalhão de Operações Policiais Especiais e o Grupo de Operações Especiais já haviam conseguido controlar o motim.

“Não teve quebra-quebra, a situação foi controlada sem maiores problemas”, explicou.

Os três detentos que praticaram a tentativa de fuga foram autuados por dano qualificado ao patrimônio público. Eles já estão isolados em celas de disciplina e deve permanecer nelas, segundo o secretário, por 10 a 15 dias.

Atenção

Fechar