Quatro homens são assassinados na região de Campina Grande

Em todos os homicídios, viaturas da Polícia Militar realizaram diligências, porém, os acusados não foram presos.

Polícia | Em 18/02/13 às 07h21, atualizado em 18/02/13 às 07h24 | Por Hyldo Pereira
Internet
Um dos crimes ocorreu no centro de Massaranduba

O final de semana foi considerado violento na região metropolitana de cidade de Campina Grande, no Agreste paraibano. Só neste domingo (17), quatro homens foram assassinatos a tiros e por golpe de facão. Os responsáveis pelos homicídios não foram presos. Além da rainha da Borborema, os crimes ocorreram em Massaranduba e Alagoa Nova.

O último crime foi registrado na cidade de Massaranduba, onde o servente de pedreiro Edvaldo Gomes da Silva, 21 anos, foi morto a tiros. De acordo com a Polícia Militar, o homem foi assassinado com quatro tiros. A PM não soube informar os motivos dos disparos.

Segundo o relatório da Polícia Militar, o desempregado William Robson Leite de Sousa, 20 anos, foi morto a tiros perto de casa no bairro Centenário, em Campina Grande. Os acusados pelo homicídio são homens que chegaram em um carro e efetuaram cinco disparos.

Ainda em Campina Grande, o pedreiro José Bezerra dos Santos, 62 anos, foi morto por dois homens armados que chegaram em um corsa de cor cinza. A Polícia Militar informou que os homens interceptaram José Bezerra quando caminhava por uma rua do bairro Tambor. Os assassinos efetuaram vários disparos na vítima que morreu no local.

Na cidade de Alagoa Nova, a polícia ainda não tem pista do acusado pela morte de um homem. Segundo informações da PM, a vítima estava na companhia de duas mulheres em um bar quando teria ocorrido uma discussão.

Um segurança do local tentou acabar com a briga e uma das mulheres ficou ferida por arma branca. Minutos depois, o homem foi encontrado morto com golpes de facão.

Atenção

Fechar