Ricardo autoriza reforma dos estádios Amigão e Rodrigão em Campina Grande

Na mesma ocasião, ele também assinou a ordem de serviço para recuperação do estádio José Rodrigues da Silva (O Rodrigão), em Galante, no valor de R$ 95.690,22

Paraibano | Em 24/01/13 às 11h58, atualizado em 24/01/13 às 12h02 | Por Redação
Internet
Ricardo Coutinho

O governador Ricardo Coutinho autorizou, nessa quarta-feira (23), o início das obras de reforma e ampliação do estádio Ernani Satyro (O Amigão), em Campina Grande. Na mesma ocasião, ele também assinou a ordem de serviço para recuperação do estádio José Rodrigues da Silva (O Rodrigão), em Galante, no valor de R$ 95.690,22.  

O investimento na reforma do estádio ‘O Amigão’ passa de R$ 17 milhões, sendo R$14.450.081,42 para reforma interna e urbanização da área do entorno do estádio e mais R$3,1 milhões para urbanização das ruas de acesso ao equipamento esportivo.

A assinatura das ordens de serviço foi comemorada pela torcida do Campinense, que prestigiou o segundo jogo do time na Copa do Nordeste. Antes de assinar as ordens, o governador Ricardo Coutinho recebeu uma camisa oficial e uma placa de agradecimento da diretoria e da torcida do clube.

O governador afirmou que, desde a inauguração do estádio, o ‘Amigão’ nunca havia passado por reforma. A obra pretende revitalizar a estrutura interna e externa, que ganhará um amplo estacionamento, pista de caminhada, de skate, quadras e área de lazer.  “Essa é uma obra que vamos iniciar amanhã e concluir assim como tantas outras que estão sendo executadas em Campina Grande”, afirmou.

Ricardo acrescentou que a ideia da obra não é contemplar apenas os clubes e os torcedores, mas tornar o estádio um complexo esportivo e de lazer para uso de toda população. “Vamos restaurar nosso patrimônio para fortalecer o futebol da Paraíba”.

O secretário de Estado de Esporte, Juventude e Lazer, Tibério Limeira ressaltou a importância da obra para o desporto paraibano. “O Amigão tem uma importância para Campina Grande a para a Paraíba. Finalmente, a comunidade esportiva vai ter um centro de excelência qualificado para receber eventos internacionais no mesmo patamar dos melhores estádios do país”, ressaltou

O promotor do Cidadão, Valberto Lira, que há oito anos acompanha a situação dos estádios paraibanos, destacou a ampliação da segurança e o cumprimento das exigências do Estatuto do Torcedor. “Essa luta não é só do Ministério Público, mas de todos os desportistas que torcem pelo futebol da Paraíba. O projeto está de acordo com o Estatuto e vamos fazer o acompanhamento da execução para garantir a cidadania e a segurança dos torcedores que é o que nos interessa”, afirmou.

O diretor de Comunicação do Campinense Clube, Thiago Melo, observou que a reforma empreendida pelo Governo do Estado é importante para os clubes paraibanos. “O futebol paraibano precisa crescer e a reforma dos equipamentos é o primeiro passo para isso”.

Para a representante da Federação Paraibana de Futebol, Socorro Leite, a revitalização do ‘Amigão’ vai atrair mais torcedores ao Estádio. “Investir em esporte é investir na melhoria de vida do cidadão. Não vamos vivenciar o sofrimento no início de cada campeonato devido as condições dos estádios. Teremos condições para realizar as competições com uma praça de esportes compatível para receber o torcedor”, finalizou.  

A solenidade ainda contou com as presenças da primeira-dama do Estado, jornalista Pâmela Bório; do vice-governador Rômulo Gouveia; do prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues e do superintendente da Suplan, Ricardo Barbosa.

 

Atenção

Fechar